Resistência pelas ruas - Revista Esquinas
REVISTA DIGITAL LABORATÓRIO
DA FACULDADE CÁSPER LIBERO

Resistência pelas ruas

Por Mauricio Abbade : novembro 1, 2018

Manifestantes saem para mostrar oposição ao fascismo emergente no Brasil

Na noite de terça-feira (30), o Centro de São Paulo foi ocupado por movimentos sociais, estudantis e sindicais. O objetivo do protesto era mostrar resistência ao facismo existente na sociedade brasileira e à vitório de Jair Bolsonaro (PSL) para a Presidência do País, mas reconhecendo o resultado como um processo democrático.

O ato teve início em frente ao Museu de Arte de São Paulo (Masp), seguiu pela Avenida Paulista e Rua da Consolação e se dispersou na Praça Franklin Roosevelt. Os manifestantes marcharam por todo o trajeto entoando gritos de ordem e chamando as pessoas para os acompanharem nas ruas. Também esteve presente um carro de som da Frente Povo Sem Medo, que conduziu a marcha com músicas clássicas de resitência à ditadura militar brasileira (1964-1985) e também composições atuais com viés social e de luta.

A caminhada foi majoritariamente pacifíca, mas houve confronto com a Polícia Militar em sua dispersão por volta das 22h. Confira abaixo algumas fotos da manifestação.