De olho na pesquisa - Revista Esquinas
REVISTA DIGITAL LABORATÓRIO
DA FACULDADE CÁSPER LIBERO

De olho na pesquisa

Por Gabriela Gomes : agosto 28, 2018

A mesa ministrada pela professora Else Lemos  teve como objetivo tirar as dúvidas sobre a produção de um projeto de monografia

Na noite do primeiro dia da Semana de Comunicação, segunda  27, os alunos da Faculdade Cásper Líbero puderam participar da mesa Como elaborar um projeto para monografia, ministrada pela professora Else Lemos, docente do curso de Relações Públicas. O foco foi em alunos do terceiro que já optaram pela realização de uma monografia como trabalho de conclusão de curso, ou seja, desejam escrever uma dissertação sobre determinado tema dentro da área de comunicação.

Ao chegar na sala todos os alunos receberam uma pasta vermelha, contendo duas folhas de exercícios, dicas e técnicas sobre como elaborar um projeto para monografia, os papéis foram se preenchendo de acordo com o desdobramento da palestra.

No início da apresentação foram apresentadas as categorias de pesquisa que podem resultar em trabalhos acadêmicos. Elas são pesquisa exploratória, na qual são realizados estudos de caso, levantamentos biográficos e específicos relacionados ao tema. Há também a  pesquisa descritiva cujo pesquisadores elaboram questionários e técnicas padronizadas para a coleta de dados. O último tipo é a pesquisa explicativa, responsável por analisar os fatores que determinam ou contribuem para que um determinado fenômeno ocorra, as análises geralmente provém da observação de grupos. Não existe uma regra que proíba uma mesclagem das formas de pesquisa, podem ser relacionadas e combinadas podendo gerar uma tese ainda mais forte.

A dica principal da palestrante foi a de deixar a pesquisa explicativa para o mestrado ou doutorado, pois demandam maior quantidade de tempo. Isto pode gerar problemas para o estudante, já que a dissertação da graduação deve ser realizada em 8 meses, enquanto  a de mestrado e de doutoramento podem levar de dois a cinco anos. Segundo a professora, o aluno deve ser realista com a viabilidade do tempo e o escopo a ser pesquisado, pois o projeto é o que o guiará o durante o desenvolvimento da pesquisa no quarto ano.