Estações musicais - Revista Esquinas
REVISTA DIGITAL LABORATÓRIO
DA FACULDADE CÁSPER LIBERO

Estações musicais

Por Beatriz Giovanelli : setembro 12, 2018

O ex-beatle Paul McCartney chega ao seu 17º álbum da carreira solo com Egypt Station

No dia 10 de junho, o cantor britânico Paul McCartney chamou a atenção de seus seguidores ao deletar todas as fotos postadas na conta do seu Instagram e substituí-las por fotos de estúdio. Era o começo da divulgação do 17º álbum solo do cantor, o Egypt Station, lançado na última sexta-feira (07), cinco anos depois de seu antecessor, o New.

Além do envolvimento com a música, Paul também é ativista dos direitos dos animais, encabeçando campanhas em prol da causa
Oli Gill

Durante os meses de espera pelo lançamento, o sir aproveitou para participar do quadro Carpool Karaoke, parte do programa do Reino Unido The Late Late Show, apresentado por James Corden. Na cena, ele retorna a Liverpool, a cidade natal dos Beatles. Durante os 23 minutos do quadro, Paul e Corden cantam clássicos do Fab Four, como ficaram conhecidos os quatro cantores ingleses. Ao ritmo de Penny Lane, Drive My Car e até a inédita Come on to Me, passaram por lugares marcantes da carreira e vida dos Beatles.

É nesse clima de clássico misturado com novo que surge Egypt Station. O álbum é composto por 16 faixas. A primeira é Opening Station, que introduz barulhos de uma estação de trem e se liga à música seguinte, I Don´t Know. Nesta, é apresentado um homem frágil e com problemas que não consegue resolver. Paul ainda sabe falar sobre o cotidiano com maestria.

O álbum Egypt Station foi gravado entre as cidades de Los Angeles, Londres e Sussex
Divulgação

Na terceira faixa, Come on to Me, o beatle retorna aos anos 1960 e se vê numa situação de flerte. A música foi uma das três lançadas antes do álbum completo, junto à já citada I Don’t Know e Fuh You. O refrão, simples e típico de um hit, é digno de “grudar” na cabeça de quem escuta.

Fuh You, outro destaque, é a única produzida pelo vocalista da banda One Republic, Ryan Tedder, e parece uma tentativa de criar um hit pop, apesar das rimas previsíveis, como “feel” (sentir) e “real” (verdadeiro).

A 11ª faixa de Egypt Station é uma homenagem às terras brasileiras. Back in Brazil, com tons de bossa nova, narra a história de um casal imaginado durante uma das viagens de Paul ao Brasil. O cantor conta que estava em um de seus dias livres nas turnês quando resolveu sentar-se ao piano e compor. Na sexta, também lançou um clipe gravado em Salvador e postou “Happy Independence Day, Brazil!” na descrição do vídeo.

Com Despite Repeated Warnings, o álbum chega ao ápice, principalmente para os fãs da outra banda de Paul, Wings, e mantém a qualidade até o final. Passa pelo interlúdio Station II e pela épica Hunt You Down/Naked/C-Link, remetendo aos tempos do álbum Abbey Road. A letra da música parece sugestiva durante o governo Trump, contando a história de um capitão que ignora todos os avisos e continua seguindo na mesma direção.

A banda de rock Wings foi a segunda banda de McCartney, formada em 1971 após o fim dos Beatles
Jim Summaria

No geral, pode-se afirmar que Paul alcançou o objetivo de transformar Egypt Station em uma jornada musical. Cada música é uma estação, que se mantém coesas entre si, mesmo passando por vários estilos. Aos 76 anos, o antigo beatle continua ativo e surpreendendo, criando composições inéditas e registrando sua marca sempre perceptível.